INFORMAÇÕES

terça-feira, 2 de junho de 2009

Cidades para a Copa do Mundo no Brasil em 2014

Brasília vai construir estádio (foto) para 70 mil pessoas.
A cidade de Manaus, capital do Estado do Amazonas, foi escolhida pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), como sede da Amazônia, para a Copa do Mundo de Futebol que ocorrerá no Brasil em 2014.
Manaus - População: 1.646.602 habitantes; Estádio: Arena Verde; Obra: Muda de Vivaldão para Arena Verde - demolição e construção de um novo estádio no local; Capacidade: projetada para 46 mil lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 580 milhões; Valor de intervenções na cidade: R$ 5,4 bilhões (incluindo o estádio); Aeroporto: Internacional Eduardo Gomes - capacidade para 1,8 milhão de passageiros (sobrecarga de 200 mil passageiros); Porto: Manaus - porto fluvial, fica na costa oeste do Rio Negro. É o terceiro maior exportador do país; Rede hospitalar: 464 estabelecimentos de saúde, sendo 370 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 8.307; PIB per capita: R$ 18.902,00.
Belo Horizonte - Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG); Obra: reforma; Capacidade: 69.950 lugares; Valor projetado para o estádio: não divulgado; Valor de intervenções na cidade: não estimado; Aeroporto: Internacional Tancredo Neves - localizado em Confins, a 38km do centro de Belo Horizonte - capacidade de 5 milhões de passageiros por ano (sobrecarga de 200 mil passageiros); Rede hospitalar: 1.032 estabelecimentos de saúde, sendo 311 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 9 mil; População: 2.412.937 habitantes; PIB per capita: R$ 13.636,00; Títulos no futebol do estado: Campeão da Libertadores em 1976 e 1997 (Cruzeiro); Campeão da Supercopa dos Campeões da Libertadores em 1991 e 1992 (Cruzeiro); Campeão da Copa Conmebol em 1992 e 1997 (Atlético); Campeão Brasileiro em 1971 (Atlético) e 2003 (Cruzeiro); Campeão da Copa do Brasil em 1993, 1996, 2000 e 2006 (Cruzeiro); Campeão da Taça Brasil em 1966 (Cruzeiro).
Brasília - População: 2.455.903 habitantes; Estádio: Mané Garrincha, Brasília (DF); Obra: reforma; Capacidade: 70.141 lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 522 milhões; Aeroporto: Internacional Presidente Juscelino Kubitschek - capacidade para 7,4 milhões de passageiros por ano (sobrecarga de 3 milhões de passageiros); Rede hospitalar: 1.721 estabelecimentos de saúde, sendo 157 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 11 mil (incluindo as cidades-satélites); PIB per capita: R$ 37.600,00
Cuiabá - População: 526.830 habitantes; Estádio: José Fragelli ou Verdão, Cuiabá (MT); Obra: reforma; Capacidade: projetada para 48.453 lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 350 milhões; Valor de intervenções na cidade: R$ 2,5 bilhões, com investimento em novas estradas, hospitais e rede hoteleira; Aeroporto: Internacional Marechal Rondon - capacidade de 580 mil passageiros por ano (sobrecarga de 900 mil passageiros); Rede hospitalar: 260 estabelecimentos de saúde, sendo 130 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 3.500; PIB per capita: R$ 13.244,00.
Curitiba - População: 1.797.408 habitantes; Estádio: Arena da Baixada, Curitiba (PR); Obra: reforma; Capacidade: projetada para 41.375 lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 150 milhões; Valor de intervenções na cidade: 4,850 bilhões, construção do metrô, parque tecnológico e vias de acesso; Aeroporto: Internacional Afonso Pena - capacidade para 3,5 milhões de passageiros por ano (sobrecarga de 800 mil passageiros); Rede hospitalar: 811 estabelecimentos de saúde, sendo 274 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 9 mil; PIB per capita: R$ 17.977,00; Títulos no futebol do estado: Campeão brasileiro de 1985 (Coritiba) e 2001 (Atlético-PR).
Fortaleza - População: 2.431.415 habitantes; Estádio: Castelão, Fortaleza (CE); Obra: R$ 400 milhões; Capacidade: projetada para 50 mil lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 400 milhões; Valor de intervenções na cidade: R$ 9,2 bilhões; Aeroporto: Internacional Pinto Martins - capacidade para 3 milhões de passageiros por ano (sobrecarga de 450 mil passageiros); Porto: Porto do Mucuripe; Rede hospitalar: 543 estabelecimentos de saúde, sendo 188 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis:13.387; PIB per capita: R$ 9.325,00.
Natal - População: 774.230 habitantes; Estádio: Arena dos Reis Magos; Obra: construção; Capacidade: projetada para 65.100 lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 280 milhões; Valor de intervenções na cidade: R$ 1,737 bilhão em conclusão de um novo aeroporto, anel viário e saneamento básico; Aeroporto: Internacional Augusto Severo, a 18 quilômetros da cidade - capacidade para 1,5 milhão de passageiros (sobrecarga de 160 mil passageiros); Porto: Porto de Natal; Rede hospitalar: 373 estabelecimentos de saúde, sendo 170 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 13.100; PIB per capita: R$ 9.506,00.
Porto Alegre - População: 1.420.667 habitantes; Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS); Obra: reforma; Capacidade: 60 mil lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 350 milhões; Aeroporto: Internacional Salgado Filho - capacidade para 6,1 milhões de passageiros por ano (sem sobrecarga); Porto: Porto de Porto Alegre - porto fluvial, na margem esquerda do Rio Guaíba; Rede hospitalar: 519 estabelecimentos de saúde, sendo 188 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 14 mil (incluindo raio de 60km); PIB per capita: R$ 20.900,00; Títulos no futebol do estado: Campeão Mundial Interclubes em 1983 (Grêmio) e 2006 (Internacional); Campeão da Libertadores em 1983 e 1995 (Grêmio) e 2006 (Internacional); Campeão da Copa Sul-Americana em 2008 (Internacional); Campeão Brasileiro em 1981 e 1996 (Grêmio), 1975, 1976 e 1979 (Internacional); Campeão da Copa do Brasil em 1989, 1994, 1997 e 2001 (Grêmio), 1992 (Internacional) e 1999 (Juventude).
Recife - População: 1.533.580 habitantes; Estádio: Cidade da Copa, Recife (PE); Obra: construção; Capacidade: projetada para 46.154 lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 500 milhões; Valor de intervenções na cidade: R$ 3,7 bilhões; Aeroporto: Internacional dos Guararapes - Gilberto Freyre - capacidade para 5 milhões de passageiros por ano (sem sobrecarga); Porto: Porto do Recife; Rede hospitalar: 602 estabelecimentos de saúde, sendo 247 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 12.500; PIB per capita: R$ 12.091,00; Títulos no futebol do estado: Campeão do Módulo Amarelo em 1987 (Sport); Campeão da Copa do Brasil em 2008 (Sport).
Rio de Janeiro - População: 6.093.472 habitantes; Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ); Obra: reforma; Capacidade: Projetada para 86.100 lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 430 milhões; Valor de intervenções na cidade: R$ 10 bilhões; Aeroporto: Internacional do Galeão - Antônio Carlos Jobim - Capacidade para 15 milhões de passageiros (sem sobrecarga); Porto: Porto do Rio; Rede hospitalar: 1.595 estabelecimentos de saúde, sendo 234 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 27 mil; PIB per capita: R$ 20.851,00; Títulos no futebol do estado: Campeão Mundial Interclubes em 1981 (Flamengo); Campeão da Libertadores em 1981 (Flamengo) e 1998 (Vasco); Campeão Sul-Americano de 1948 (Vasco); Campeão da Copa Conmebol em 1993 (Botafogo); Campeão da Copa Mercosul em 1999 (Flamengo) e 2000 (Vasco); Campeão Brasileiro em 1995 (Botafogo), 1980, 1982, 1983, 1987 e 1992 (Flamengo), 1984 (Fluminense), 1974, 1989, 1997 e 2000 (Vasco); Campeão da Copa do Brasil em 1990 e 2006 (Flamengo) e 2007 (Fluminense); Campeão da Taça de Prata em 1970 (Fluminense); Campeão da Taça Brasil em 1968 (Botafogo); e Campeão da Copa dos Campeões em 2001 (Flamengo).
Salvador - População: 2.892.625 habitantes; Estádio: Fonte Nova, Salvador (BA); Obra: reforma; Capacidade: projetada para 55 mil lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 231 milhões; Valor de intervenções na cidade: R$ 1,5 bilhão; Aeroporto: Internacional Deputado Luís Eduardo Magalhães - capacidade para 6 milhões de passageiros por ano (sobrecarga de 42 mil passageiros); Porto: Porto de Salvador; Rede hospitalar: 1.213 estabelecimentos de saúde, sendo 325 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 26 mil (incluindo o Litoral Norte); PIB per capita: R$ 8.870,00; Títulos no futebol do estado: Campeão brasileiro de 1988 (Bahia); campeão da Taça Brasil de 1959 (Bahia).
São Paulo - População: 10.886.518 habitantes; Estádio: Morumbi, São Paulo (SP); Obra: reforma; Capacidade: projetada para 66.952 lugares; Valor projetado para o estádio: R$ 300 milhões; Valor de intervenções na cidade: R$ 20 bilhões; Aeroporto: Internacional de Guarulhos – Governador André Franco Montoro - situado a 25km do centro de São Paulo - capacidade para 16,5 milhões de passageiros (sobrecarga de 4 milhões de passageiros); Rede hospitalar: 1.759 estabelecimentos de saúde, sendo 572 conveniados ao SUS; Número de quartos de hotéis: 40 mil; PIB per capita: R$ 25.675,00; Títulos no futebol do estado: Campeão Mundial de Clubes em 2000 (Corinthians); Campeão Mundial Interclubes em 1962 e 1963 (Santos), 1992, 1993 e 2005 (São Paulo); Campeão da Libertadores em 1999 (Palmeiras), 1962 e 1963 (Santos), 1992, 1993 e 2005 (São Paulo); Campeão da Supercopa dos Campeões da Libertadores em 1993 (São Paulo); Campeão da Copa Conmebol em 1994 (São Paulo) e 1998 (Santos); Campeão da Copa Mercosul em 1998 (Palmeiras); Campeão Brasileiro em 1990, 1998, 1999 e 2005 (Corinthians), 1978 (Guarani), 1972, 1973, 1993 e 1994 (Palmeiras), 2002 e 2004 (Santos), 1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008 (São Paulo); Campeão da Copa do Brasil em 1995 e 2002 (Corinthians), 1998 (Palmeiras), 2005 (Paulista) e 2004 (Santo André); Campeão da Taça Brasil em 1960 e 1967 (Palmeiras), 1961, 1962, 1963, 1964 e 1965 (Santos); Campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1967 e 1969 (Palmeiras) e 1968 (Santos); Campeão da Copa dos Campeões em 2000 (Palmeiras).