INFORMAÇÕES

sábado, 27 de junho de 2009

Luxemburgo fora do Palmeiras

Vanderlei Luxemburgo não é mais técnico do Palmeiras. O treinador anunciou que foi demitido através do seu blog, às 0h44m deste sábado, e também no Twitter, por ter quebrado a hierarquia do clube ao declarar que Keirrison não jogaria mais sob o seu comando. A diretoria também já confirmou a informação, e Muricy Ramalho, demitido há uma semana do São Paulo após eliminação da Libertadores, é o mais cotado para assumir o cargo.
Em uma longa reunião que varou a noite de sexta-feira até as primeiras horas de sábado, a diretoria decidiu dispensar o técnico. A conversa aconteceu antes com somente integrantes da cúpula alviverde, incluindo o presidente Luiz Gonzaga Belluzzo, Genaro Marino (diretor de futebol), Gilberto Cipullo (vice de futebol) e Toninho Cecílio (gerente de futebol), sendo que os dois últimos tiveram a incumbência de fazer o comunicado ao treinador. O Palmeiras confirmou que o motivo da decisão foi mesmo uma quebra na hierarquia nas declarações sobre a transferência do atacante Keirrison para o Barcelona.
Na tarde desta sexta-feira, o treinador afirmou ter ficado incomodado com o fato de Keirrison não lhe ter telefonado para dizer que não ia ao treino. Luxemburgo disse que foi avisado da transação do atacante com o Barcelona na noite de quinta-feira, por um amigo, comunicando em seguida Gilberto Cipullo. O treinador ainda disse que K9, caso não mudasse de clube, não jogaria mais no Palmeiras sob seu comando.