INFORMAÇÕES

sexta-feira, 12 de junho de 2009

Maria toma posse em Santarém e nomeia secretários

A posse da prefeita reeleita Maria do Carmo (PT), marcada para hoje (12), começou às 17h com a solenidade na Câmara Municipal, onde será empossada, junto com o vice José Antonio Rocha. A função de declarar os dois empossados no cargo caberá ao atual vice-presidente da casa, vereador Emir Aguiar. Nélio Aguiar, o presidente atual alegou outros compromissos e saiu da cidade. Na diplomação, ocorrida na última quarta-feira, no prédio do Fórum, Nélio também não apareceu, designando seu vice para representar o Legislativo.
Secretariado
Logo depois da posse , no prédio da prefeitura, acontece a transmissão de cargo, quando o prefeito interino, José Maria Tapajós devolverá a função a Maria. Na oportunidade, será também empossado o secretariado para o segundo mandato de Maria do Carmo. A equipe será a mesma que atuou na interinidade, ou seja, com o vice-prefeito na função de secretário de Saúde e Marcelo Corrêa na secretaria de meio ambiente.
As outras pastas não sofreram alterações em relação ao primeiro mandato de Maria.
A novidade ficará por conta da posse dos novos secretários que ocuparão as novas secretarias criadas por conta do acordo político feito com os doze partidos para conseguir a reeleição da candidata petista. Tomarão posse nas secretarias e coordenadorias criadas no ano passado, embora ainda sem funcionamento nem local definido, o ex-deputado federal Hilário Coimbra (PR), na secretaria de organização portuária; Beto Frazão (PTB), secretaria de habitação; ex-vereador Luis Alberto (PP), secretaria de segurança cidadã; e a sindicalista Ivete Bastos (PT) assume a pasta da produção familiar. Também será empossada na coordenação de assistência social, a colunista Denise Marsalla.
A secretaria da juventude, reivindicada pelo PDT de Osmando Figueiredo, que seria ocupada pelo filho dele, o vereador Bruno Pará, junto com outras três coordenadorias, ficou para ser criada em julho, após avaliação do governo. Até ontem à tarde, estava indefinido o preenchimento do cargo de coordenador de desenvolvimento urbano (CDU), deixado por Luis Alberto, que será promovido a secretário de segurança cidadã.