INFORMAÇÕES

terça-feira, 30 de junho de 2009

Rodovia entre Conceição e Redenção tem mais de mil buracos


Foto: ponte sobre o rio Arraias não possui proteção lateral e as cabeceiras estão cheias de buracos.
Com a chegada do período do veraneio que ocorre no mês de julho, uma preocupação começa a tomar conta de alguns veranistas que se preparam para enfrentar as estradas que dão acesso aos municípios praianos, e que recebem um grande fluxo de turistas e veranistas no período de férias. A falta de conservação das estradas nas rodovias estaduais aparece como o grande obstáculo para os motoristas, que vão precisar de cuidado redobrado na hora de viajar pelas rodovias que cruzam a região do sul do Pará e, que estão em péssimas condições de trafego.
No trecho da Rodovia PA-287, que liga a cidade de Redenção a Conceição do Araguaia, cuja extensão mede aproximadamente 105 km, os buracos e “panelas” que se formaram no asfalto, mostram a falta de assistência e manutenção por parte da Secretaria Estadual de Transito (SETRAN), que é o órgão responsável em fazer a manutenção das estradas e rodovias do Estado, mas, que na região do sul do Pará, demonstra ineficiência e inoperância.
Há uma grande necessidade de uma operação tapa-buraco ao longo da rodovia PA-287, para que motoristas e passageiros possam ter segurança ao se deslocarem no período do veraneio onde o fluxo de veículos sofre um grande aumento, principalmente nos finais de semana.
Por temer pela segurança de sua família, o funcionário público, Eber Sales, teve a curiosidade e paciência em contar quantos buracos existe no trecho que liga Redenção a Conceição do Araguaia. Existem, segundo Elber, 1.180 buracos e “panelas” no trecho de 105 km.
De Conceição do Araguaia até próximo á Vila Cachamorra, ele anotou 980 buracos, e no restante do percurso foram registrados mais 200 buracos, onde segundo Eber Sales, alguns valem por cinco. Eber também registrou a falta de segurança em algumas pontes existente no trecho, onde parte delas representa um grande perigo para os motoristas que não têm conhecimento da estrada. “Algumas pontes funcionam como verdadeiras armadilhas, e o Governo do Estado nada faz para acabar com o perigo”, disse o motorista Eber Sales, que teve a paciência de contar juntamente com sua esposa Rosângela, cada buraco existente no trecho da rodovia.
A reportagem tentou um contato pelo telefone com o diretor regional da Secretaria de Estado de Transportes (Setran), Valter Peixoto, para saber se há alguma previsão de uma operação tapa buraco na rodovia antes da chegada do veraneio, mas o celular do diretor e ex-vereador, do PT, de Conceição do Araguaia, dizia que o mesmo se encontrava fora da área de serviço.