INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Araguaia: MPF pede suspensão de buscas por corpos

O Ministério Público Federal no Pará encaminhou ofício ao Ministério da Defesa, pedindo a paralisação das operações de busca pelos corpos dos guerrilheiros desaparecidos durante a guerrilha do Araguaia, no sudeste do Estado. O ofício foi para Brasília, onde será encaminhado, como exige o protocolo, pela Procuradora-Geral da República interina, Deborah Duprat, ao ministro Nelson Jobim.
A falta de informações sobre as operações e as declarações do ministro Jobim à imprensa, negando a participação de familiares e do próprio MPF no acompanhamento das buscas vem causando preocupação nas famílias dos desaparecidos e nos procuradores da República que atuam no Pará.
Eles lembram que existe uma sentença, transitada em julgado, que deve ser executada pela União e que determina que as buscas sejam conduzidas de maneira totalmente diferente do que vem acontecendo: “determinou que fosse feita rigorosa investigação, para construir um quadro preciso detalhado das operações realizadas na guerrilha, devendo para tanto intimar a prestar depoimentos todos os agentes militares ainda vivos que tenham participado de quaisquer operações”. A sentença é do processo nº 82.00.24682-5, da Seção Judiciária do Distrito Federal.