INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sexta-feira, 3 de julho de 2009

Marabá: Estádio Olímpico começa sair do papel

Marabá: Estádio Olímpico começa sair do papel

(Especial de Marabá - Mariuza Giacomin)

O Prefeito de Marabá, Maurino Magalhães, reuniu imprensa, classe política e representantes da Caixa Econômica Federal para apresentar detalhes do projeto do Estádio Olímpico de Marabá bem como mostrar in loco a área onde será construída a obra. A previsão é que dentro de 15 dias seja aberta a licitação para a nova praça de esporte, que deve ser construída dentro de um ano e meio com capacidade para 20 mil torcedores custando aproximadamente R$30 milhões.
De acordo com o Secretário de Obras, Lucídio Colinetti, através de um decreto de desapropriação, a prefeitura conseguiu disponibilizar uma área de três alqueires, localizada no km 9 da rodovia Transamazônica, no sentido Marabá a Itupiranga. A obra deve ter início dentro de 30 dias, mas as máquinas já começaram os serviços de terraplenagem no terreno.
O Secretário também falou sobre um estudo que está sendo feito para implantação de arquibancadas pré-fabricadas, o que segundo ele poderá reduzir o prazo para a conclusão da obra. Para agilizar o processo, a prefeitura também espera abrir licitação e através de consórcio reunir duas empresas para trabalharem ao mesmo tempo.
Quanto aos recursos, Maurino anunciou que além dos R$7 milhões que resultaram de emendas do deputado federal Asdrúbal Bentes, o município dará a contrapartida de mais R$4 milhões. “Ainda faltam R$20 milhões e vamos atrás de mais parceiros, inclusive do governo do Estado. Queremos entregar a primeira etapa até o próximo mês de fevereiro, mas a obra total está prevista para 2011”, revela.
O Zinho Oliveira também foi tema do discurso de Maurino, que anuncio a desapropriação de áreas em volta do estádio, numa faixa de 10 metros para fazer novas arquibancadas. A capacidade será ampliada para cinco mil pessoas e com a ampliar do estádio de Morada Nova, Marabá futuramente contará com três estádios para campeonatos municipal, estadual e nacional.
Presente na apresentação da obra, o superintendente da Caixa, Evandro Narciso Lima, revelou que dentro de 15 dias a analise do projeto será concluída, quando será autorização a abertura de edital de licitação. Responsável pela emenda de R$7,25 milhões, o deputado federal Asdrúbal Bentes foi alvo de muitos elogios durante a cerimônia. Ele lembra como iniciou sua luta para conseguir recursos para o estádio. “Sempre acompanhei os jogos do Águia e todas as vezes os torcedores me cobravam recurso para o estádio. Asdrúbal conta que R$1 milhão já foi liberado e o restante está na Caixa aguardando a aprovação do novo projeto com as adequações da mudança de local do estádio, uma vez que a princípio seria construído na Folha 16, local que ganhará instalações para a implantação de um projeto social em parceria da prefeitura com a Vale.
O presidente do Águia, Sebastião Ferreira, que também esteve presente no evento realizado no terreno do novo estádio, destacou a dedicação do prefeito Maurino Magalhães na construção da obra. “Observamos que desde que foi eleito, o prefeito está engajado na construção do estádio e no crescimento do Águia. Ele sempre está presente nas nossas partidas, assinou um convênio com o clube, enfim está empenhado na ascensão do representante municipal”, afirma.