INFORMAÇÕES

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Redenção confirma primeira morte pela gripe suína

Redenção confirmou nesta sexta-feira (2) a primeira morte pelo vírus da gripe A (H1N1), a gripe suína. A vítima é a empresária Maria Solange Protásio Borges, que estava internada há cerca de 10 dias no Hospital Regional Público do Araguaia, em Redenção. O quadro clínico dela era considerado gravíssimo e a paciente estava isolada numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
De acordo com a assessoria de comunicação do Hospital Regional, Solange Protásio morreu às 6 horas desta sexta-feira, vítima de falência múltipla dos órgãos, causada por uma infecção generalizada em decorrência da contaminação pela influenza H1N1.
A vítima teria contraído o vírus durante uma festa de casamento realizada na cidade de Goiânia (GO), onde haviam convidados de outros países. Ao retornar a Redenção, ela começou a sentir os primeiros sintomas da doença e procurou um hospital particular, onde ficou internada durante oito dias recebendo atendimento médico. Como ela não apresentava melhora, teve de ser levada para o Hospital Regional.
Solange Protásio era viúva do empresário Olegário Protásio, dono da distribuidora Skol, e que morreu em abril de 2008, vítima de um acidente de trânsito na PA-150. O casal tinha dois filhos.
VELÓRIO - O corpo da empresária já foi entregue para a família e deverá ser enterrado neste sábado (3), em Redenção.
Ainda segundo a assessoria do Hospital Regional, a Secretaria de Saúde do Estado do Pará (Sespa), recomendou que, por medidas de segurança, o caixão permaneça fechado enquanto estiver sendo velado. A assessoria de comunicação informou ainda que não há necessidade de que a população use máscaras, como tem ocorrido com frequencia em supermercados e escolas de Redenção.
Já a Secretaria Municipal de Saúde de Redenção, informou que mesmo com essa morte por gripe suína, a situação está sob controle e que não há razão para que a população fique alarmada. Além de Solange Protásio, outras duas pessoas estão com a gripe suína em Redenção. (Colaboração: Paulo Carrion)