INFORMAÇÕES

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Lideranças do Sul do Pará pressionam votação do plebiscito


Prefeitos e vereadores do sul do Pará estão em Brasília visitando os gabinetes dos parlamentares do Congresso Nacional. O objetivo é apresentar a cada um dos 514 deputados federais e 81 senadores os dois projetos de decreto legislativo que tramitam no Senado Federal e na Câmara dos Deputados que autorizam a realização de um plebiscito que cria o Estado do Carajás a ser agendado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) num prazo de seis meses a contar da aprovação da matéria no Plenário das duas Casas Legislativas.
Os projetos são o PDC n° 159-B de 1992, de autoria do deputado federal Giovanni Queiroz (PDT-PA) que tramita na Câmara dos Deputados e o PDS n° 52 de 2007, apresentado pelo senador Leomar Quintanilha (PMDB-TO), que cria o Estado de Carajás a partir do desmembramento de 39 municípios localizados no sul e sudeste do Pará. Os dois projetos já tramitaram por todas as comissões técnicas do Congresso Nacional e aguardam apenas a inclusão na pauta de votação para serem votados.
Segundo o ex- prefeito de Redenção, Mário Moreira, que está liderando a comitiva em Brasília, os municípios da região estão abandonados pelo governo há décadas, assim sendo, o movimento separatista é um anseio de todos. “Estamos obtendo apoio de todos os líderes de partidos e provavelmente a votação do plebiscito poderá entrar na pauta a qualquer momento”, frisou Mário.