INFORMAÇÕES

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Nunes e Tourinho disputam presidência da FPF

Continuísmo ou renovação? Duas chapas e o cenário futebolístico do Estado é que estará em jogo. A eleição para a presidência da Federação Paraense de Futebol (FPF) para os próximos quatro anos está marcada para a noite de hoje na sede da Tuna Luso, com as chapas do atual mandatário, Antônio Carlos Nunes, e do ex-presidente do Paysandu, Artur Tourinho. E independente de quem saia vencedor, o evento promete esquentar a Vila Olímpica.

A sessão de Assembleia Geral será instalada às 20h, sob presidência do atual vice-presidente da FPF, mas que não concorre à reeleição, Roberto Campos, em primeira convocação, com a maioria absoluta dos membros natos, e, em segunda convocação, às 20h30, com o número de membros natos presentes com direito a voto. Terá direito a participar da eleição 19 clubes profissionais, 25 equipes amadoras da capital e cerca de 90 ligas municipais, pelo seu presidente ou vice, não atendendo solicitações de votação por procuração.

A chapa denominada “Vencer, vencer sempre” é composta por Artur Tourinho, Hamilton Gualberto e Sérgio Zumero. Tourinho está confiante na vitória e tem, segundo ele, objetivo único de mudar a situação caótica que passa o futebol do Estado. “Não dá para haver perpetuação na FPF. Nossa chapa visa, entre outras coisas, aumentar para vinte o número de equipes no Parazão, acabar com os 10% retirados dos clubes, atrair financiamentos e transparência financeira”, explicou.

Já Nunes, que está no seu terceiro mandado (12 anos) à frente da FPF, não vê como continuísmo querer estar mais quatro anos como presidente da entidade máxima do futebol estadual. “Queremos continuar com o que está dando certo. Nossa principal meta é a conclusão do Centro da Juventude e ajustar aquilo que deve ser ajustado. Estaremos submetidos ao voto dos filiados e eles decidem”, falou.(Fonte:Diário do Pará)