INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

domingo, 17 de janeiro de 2010

Chuvas fazem as primeiras vítimas em Parauapebas


As fortes chuvas que caíram recentemente em Parauapebas deixaram como saldo várias áreas alagadas. Os moradores das áreas, ao todo 35 famílias, foram abrigadas nas quadras esportivas da Rua Castelo Branco, no bairro Rio Verde, na Rua Santa Maria, bairro Da Paz, e no Anexo da escola Gean Piaget no bairro Liberdade I.
O cadastro das famílias está sendo feito e o próximo ato é a distribuição de cestas básicas. “Em relação ao ano passado as enchentes chegaram mai cedo, em 2009, a primeira chuva intensa, chamada de grande precipitação pluviométrica, ocorreu na madrugada do dia 16, o que culminou com o transbordamento dos igarapés, quando muitas famílias foram desabrigadas e acolhidas nos abrigos públicos, ao todo 254 famílias,” Informações prestadas pela assistente social da Defesa Civil de Parauapebas, Márcia Miranda.
Ainda segundo informações da Defesa Civil este mês de janeiro o nível dos rios está subindo gradativamente, mas de acordo com as previsões meteorológicas a tendência é que continue subindo. Previsões nada boas para quem mora em áreas com risco de alagamento ou desmoronamento. Situação fácil de encontrar em vários bairros como, por exemplo, os bairros Betânia, Altamira, Liberdade, Rio Verde, Bela Vista.
Outro dado preocupante levantado junto a Defesa Civil é que as estimativas para este ano é que muito mais pessoas fiquem desabrigadas. O fato é explicado pelo aumento do número de invasões, situação que pode ser vista nas proximidades dos igarapés.
A Defesa Civil de Parauapebas recebeu, recentemente, o reconhecimento público de ser a melhor no Estado do Pará, fato explicado por Márcia como o empenho da comunidade, ONGs, igrejas e ainda do poder público. “Este prêmio não é só nosso, mas de todos que contribuíram para que nosso trabalho fosse feito e alcançado tantas famílias desabrigadas”, ponderou a assistente social e fez apelo à sociedade para que continue unida e o poder público dê sempre o apoio necessário para que este ano, e em todos os outros, seja possível continuar com o trabalho de apoio aos que precisam.
Estrutura - A equipe da Defesa Civil que trabalhou no ano passado, 2009, continua à disposição. Para este ano o planejamento está acontecendo. Na segunda-feira, 11, o coordenador, Deusimar Pereira Branco, se reuniu com o prefeito, Darci José Lermen, para tratar exatamente da situação operacional. (Colaboração: Francesco Costa).