INFORMAÇÕES

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Autoridades conceicionenses recebem placa inaugural do IFPA


O governo federal realizou uma solenidade em Brasília no ultimo dia 01, para inaugurar simultaneamente setenta e oito novos campus de Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia de vários locais do País.
O presidente Luis Inácio Lula da Silva num ato simbólico entregou aos 78 diretores e prefeitos dos municípios contemplados com os Institutos Federais uma placa inaugural. Representando o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Para (IFPA), receberam das mãos do presidente Lula, o Magnífico Reitor do IFPA, Prof. Edson Ari de Oliveira Fontes, o diretor do Campus no município, Prof. Rui Chaves e o prefeito Álvaro Brito Xavier (PT).
De 2003 a 2010, já foram entregues 141 escolas técnicas e outras 74 serão repassadas ate o final do ano. O governo federal investiu inicialmente R$ 175 milhões nessas novas escolas.
A previsão para inauguração do Pólo de Conceição do Araguaia e para o mês de maio, quando os alunos receberão um prédio completamente estruturado contendo 14 salas de aulas, 2 prédios contendo os laboratórios de solos, aqüicultura, saneamento, construção civil, zootecnia e sanidade animal, geoprocessamento, segurança e eventos.
Dos 21.000m2 de área total, 5.200m2 estão sendo construídos possuindo ainda salas de aulas com capacidade para 50 alunos, biblioteca informatizada, 3 laboratórios de informática, área administrativa (contendo sala para direção, dos professores e etc) elevadores adaptados para cadeirantes, banheiros adaptados para portadores de necessidades especificas, alem de cantina, vestiário e de um Auditório com capacidade para 256 lugares.
O vestibular para ingresso no IFPA será realizado no mês de julho com ofertas de vagas para os cursos de Tecnólogo em Gestão Ambiental e Licenciatura em Educação no Campo (Pro - Campo). Em 2011 o Instituto ofertara o ensino integrado (médio e subseqüente ou pos-medio). Ainda em julho, o IFPA implantara o curso Técnico em Agropecuária para os filhos dos assentados.