INFORMAÇÕES

segunda-feira, 15 de março de 2010

Fundada a Academia Xinguarense de Letras


Um grupo de intelectuais de Xinguara fundou no dia 4 de março, a Academia Xinguarense de Letras (ALEX), órgão representativo das manifestações e expressões artísticas, culturais e científicas da comunidade xinguarense, cujo objetivo principal será difundir, estimular e incentivar a cultura das letras em geral, no aspecto exclusivamente literário e cultural em Xinguara e região.
A Assembleia Geral de Fundação foi realizada no auditório da ACIAPA e contou com a presença e participação de escritores, poetas, jornalistas e representantes de outros segmentos da cultura local que assinaram a ata de fundação da ALEX, a primeira academia de letras formada na região da rodovia PA-279 e no extremo sul do Pará.
A solenidade de fundação da Academia foi coordenada e presidida pelo escritor e poeta xinguarense Renato Gomes Soares, num trabalho de mobilização dos representantes da cultura local, congregando a comunidade dos intelectuais da cidade para juntos criarem uma entidade voltada para a promoção e valorização da cultura literária e demais manifestações artísticas relacionadas à literatura na região.
“Essa noite é uma noite histórica para o incentivo à cultura e à literatura em Xinguara. Mais do que uma academia de letras estamos também lançando as sementes e fundando as bases de um grande movimento que fará nascer, crescer e frutificar os inúmeros talentos literários adormecidos em nossa cidade” comemorou Renato Gomes Soares na mensagem de encerramento da solenidade.
Os contatos com a Academia Xinguarense de Letras poderão ser feitos pelo e-mail renatoresolve@hotmail ou pelos fones 94-3426-1551 ou 9153-0710.
Diretoria:

Presidente: o escritor e poeta Renato Gomes Soares; vice-presidente: o escritor e professor Joilson de Castro; secretário, o escritor e jornalista Gleibson Madeira; tesoureira: a advogada, escritora e poetisa Rosana Gonçalves Fin; diretor da Biblioteca Comunitária, o poeta João Batista Luz; diretor da Oficina do Escritor, o médico, escritor e poeta Wilton Borges Azevedo; assessor jurídico, o advogado Jefferson Coelho Guimarães; na assessoria de imprensa foi eleita a jornalista com formação acadêmica Mábia Cristine Pinto; a coordenação da futura Rádio Cultura de Xinguara, órgão da ALEX, ficou a cargo do poeta Moacir da Conceição Silva.
Conselho Fiscal: professora e poetisa Albertina de Sá Silva, o poeta e compositor Manoel Monteiro e professor e crítico literário Eliude Rocha. A suplência do Conselho Fiscal está formada pelo dramaturgo Gerald Macedo, o professor e crítico literário João Paulo, juntamente com o poeta e professor Laurindo Matias, atual presidente da Fundação Casa da Cultura de Xinguara.