INFORMAÇÕES

sexta-feira, 12 de março de 2010

Redenção: Prefeitura reduz imposto dos taxistas


Uma reunião realizada na manhã desta sexta-feira (12), entre o prefeito em exercício de Redenção, Gervásio Camilo, e os representantes da associação dos taxistas ficou acertado a redução na taxa de licença de funcionamento, em 30%, o que deixou a classe satisfeita. A licença de funcionamento de 2010, que era de R$ 100,00, após acordo entre o prefeito em exercício e os representantes dos taxistas caiu para R$70,00.
“Estamos reunidos para encontrar uma melhor solução para ambas as partes, e a classe dos taxistas vêm sofrendo redução no ganho real, assim sendo esse desconto beneficiará a todos”, frisou Gervásio Camilo. E acrescentou que a prefeitura precisa arrecadar para beneficiar a cidade com obras, pois mesmo tendo cerca de 100 mil habitantes o número de eleitores ainda é pequeno, uma vez alguns moradores de Redenção votam em outros municípios, para se beneficiarem de recursos do governo em assentamentos localizados nos municípios vizinhos.
O secretário municipal de governo, Elcir Lustosa, que participou da reunião, informou que a prefeitura irá disponibilizar faixas com slogan do município para padronizar os 30 táxis existentes hoje no município. “É importante que os táxis sejam identificados, para evitar a clandestinidades”, frisou.
O presidente da associação dos taxistas de Redenção, Valdemar Cirilo, reclamou durante a reunião que os mototaxistas que trabalham no pátio do terminal rodoviário utilizam carretinhas e tiram os passageiros dos taxistas. “Eles cobram mais barato e ainda levam a bagagem dos passageiros. Dentro do pátio do terminal rodoviário não é permitido o uso de carretinhas”, criticou. Valdemar disse ainda na reunião, que os taxistas estão tendo prejuízo porque alguns vereadores estão usando carro próprio para transportar pessoas, gratuitamente.