INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quarta-feira, 7 de abril de 2010

Redenção: Bando é preso com armas e drogas


Policiais do Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO), juntamente com policiais da Delegacia de Conflitos Agrários (Deca), prenderam, terça-feira (6), na localidade dos “Ferreiras”, localizada próxima a Vila Cachamorra, que fica a 30 km de Redenção, pessoas que estavam de posse de armas pesadas. Houve ainda a apreensão de um menor de 17 anos. O grupo é acusado de vários crimes, entre eles, assaltos, roubos de moto e envolvimento com o tráfico de drogas. A polícia não apontou quem seria o chefe do bando.
De acordo com o delegado Samuelson Igaki, que, juntamente com os delegados Luís Paulo Galrão, da Deca, e Alberto Henrique Teixeira, coordenador do GCCO, comandou a operação que resultou na prisão do bando, a detenção dessas pessoas tem relação com a morte de Pedro Alcântara.
Igaky afirmou que todas as prisões feitas até o momento pelo Grupo de Combate ao Crime Organizado juntamente com a Deca, o que inclui a prisão de outros cinco elementos, e as que serão feitas posteriormente estão relacionadas com a execução do sindicalista. “Porém, nós ainda estamos investigando a participação de cada um nesse homicídio”, ponderou.
Os acusados foram presos por volta das 5 da manhã em um barraco no meio do mato e não ofereceram resistência. Com eles, os policiais apreenderam um revólver calibre 38, uma pistola calibre 380, sete espingardas, entre elas duas escopetas de repetição calibre 12 e uma carabina magal, que é de uso exclusivo das polícias Civil e Militar, duas tocas ninjas, vários coletes à prova de balas, três motosserras, várias peças de motocicletas que teriam sido roubadas, dezenas de folhas de cheque, além de mais de dois quilos de cocaína.
Foram apreendidas ainda 24 balas de revólver calibre 38, 42 cartuchos de escopeta calibre 12, uma caixa de balas de espingarda calibre 32, 13 balas de fuzil, 100 cartuchos de carabina Magal, 9 balas de espingarda calibre 22 e 15 balas para pistola calibre 380.
Os presos foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Redenção e autuados por formação de quadrilha, posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas e receptação. (Colaboração: Paulo Carrion)