INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

terça-feira, 27 de abril de 2010

SAMU Regional é discutido com prefeitos do sul do Pará


Recentemente na cidade de Tatuí, no interior de São Paulo, uma cerimônia organizada pelo Ministério da Saúde marcou a entrega de unidades móveis de suporte básico (USB-Samu) a centenas de municípios. Cinquenta e oito dessas unidades foram entregues a 55 municípios paraenses. Para o sul do Pará foram entregues 9 ambulâncias básicas e 3 avançadas e Conceição do Araguaia foi uma das cidades beneficiadas.
A secretária de Estado de Saúde Pública, Dra. Sílvia Comaru, esteve em Conceição do Araguaia acompanhada do Coordenador Nacional de Emergência do Ministério da Saúde, Dr. Clésio Mello de Castro, na última sexta-feira, 23, para um encontro com os quinze prefeitos da região sul do Pará. O evento aconteceu no Auditório do 12º Centro Regional de Saúde/Sespa e tratou da implantação da Central de Regulação do serviço de emergência 192. A previsão é que dentro dos próximos sessenta dias essa Central de Regulação que funcionará no prédio do 12º CRS, esteja em funcionamento.
Os municípios de Tucumã, Redenção e Conceição do Araguaia receberam uma ambulância básica e uma avançada para prestar atendimento de emergência aos munícipes. Essas ambulâncias são compostas de aparelhos como: cardiialho)oversor, desfibrilador, respirador, oxímetro, entre outros.
Segundo o Coordenador Nacional de Emergência do Ministério da Saúde, Dr. Clésio Mello de Castro, cada ambulância básica custa em média R$ 12.500 reais e a avançada 27.500 reais. O Ministério da Saúde fornece as ambulâncias, aparelhos, mobiliários para as Centrais de Regulação, além de realizar a implantação do serviço 192 no município. O governo federal faz a substituição da frota de ambulâncias a cada cinco anos. “A construção das Centrais de Regulação fica a cargo do Estado e a contratação de pessoal fica sob responsabilidade dos Municípios”, argumentou.
Na reunião, discutiu-se com os gestores como será gerenciada essa dívida. Mas, durante o encontro não houve consenso por parte dos prefeitos e secretários municipais de Saúde. Foi marcada uma nova reunião no próximo dia 04, no município de Xinguara, onde será pactuado o acordo final para a gerência do serviço 192 no sul do Estado. (Colaboração: Viviane Fialho)