INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Santana: Fetraf faz ato público


Em Santana do Araguaia, município que fica a 250 km de Redenção, no extremo sul do Pará, centenas de agricultores ligados à Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf), se reuniram na terça-feira (27). O ato aconteceu no ginásio de esportes da cidade.
A mobilização faz parte da VI Jornada Nacional de Lutas da Agricultura Familiar e teve como objetivo principal reivindicar a desapropriação de fazendas da região e o fim da violência no campo.
Segundo o coordenador-geral da Fetraf no Pará, Francisco Ferreira de Carvalho, a desapropriação de fazendas foi escolhida porque há vários anos o setor pede ao governo federal que faça a vistoria nas propriedades rurais consideradas improdutivas no sul do Pará, para que possam ser desapropriadas e servir de assentamento aos agricultores familiares. Outra reivindicação da agricultura familiar foi o fim da violência no campo e a prisão dos assassinos do sindicalista Pedro Alcântara.
O ex-coordenador da Fetraf foi executado no dia 31 de maio e, embora a polícia esteja investigando, até o momento não conseguiu prender os matadores de Alcântara.
Também estiveram presentes no em Santana do Araguaia, o delegado-geral da Polícia Civil do Pará, Raimundo Benassuly, o ex-chefe da Casa Civil, Cláudio Puty e a superintendente do Incra de Marabá, Rosinete Silva.
O delegado Raimundo Benassuly afirmou que a polícia está empenhada em desvendar a morte de Pedro Alcântara e garantiu que todos os envolvidos no crime serão presos. (Colaboaração: Paulo Carrion)