INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quinta-feira, 6 de maio de 2010

PF prende quadrilha por fraude no Pronaf


Uma operação da Polícia Federal (PF), denominada Saturnos, desarticulou, na quarta-feira (05), uma quadrilha que atuava no sudeste do Pará para conseguir concessão de financiamentos no Banco da Amazônia, em especial do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf) do Incra. As investigações vêm desde 2008 levantando informações que resultaram em 17 mandados de busca e apreensão e 13 mandados de prisão.
A Operação Saturnos foi presidida pelo delegado da PF Amaro Guimarães e teve a participação de 90 policiais federais que, divididos em 20 equipes, realizaram a ação policial para cumprir os mandados expedidos pelo juiz federal de Marabá, Carlos Henrique Borlido Haddad.
Até a tarde de quarta-feira (05), sete pessoas foram presas: Ricardo Correa Lima, Edivalson Ribeiro, Aguinaldo Mendes Freire, Maria dos Reis da Silva Campos, Décio Campos de Araújo, Welder Carneiro Silva e Usiel Rodrigues Lima. Apesar disso, o principal alvo da PF, Divan Tomé da Silva, ex-assentado e funcionário da prefeitura de Eldorado dos Carajás, está foragido. As investigações apontam que apenas em 2008 o bando conseguiu desviar nada menos que R$ 30 milhões do Pronaf, sendo que só Divan teria faturado R$ 9 milhões.
A quadrilha atuava nos municípios de Parauapebas, Curionópolis, Eldorado dos Carajás, São Geraldo do Araguaia e Marabá, onde assediavam pessoas para conseguir documentos e assinaturas com o argumento de facilitar o acesso a uma indenização a fundos perdidos. (Fonte: Diário do Pará)