INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Redenção: Alunos protestam contra o abandono




Cansados de esperar por uma solução do Governo do Estado que nunca chega, alunos e professores da Escola Estadual de Ensino Médio Professora Deuzuíta Pereira de Queiroz, localizada em Redenção, no sul do Pará, realizaram na manhã de quarta-feira (5), uma manifestação para protestar contra o abandono da escola.
Segundo a direção da escola, a passeata reuniu cerca de 800 alunos, e percorreu várias ruas da cidade com faixas e cartazes. “Após tantos apelos feitos aos órgãos responsáveis, resolvemos partir para ato público”, disse Josué Nunes Filho, diretor da instituição.
Após a passeata, ficou decidido que uma comissão formada por pais, alunos e servidores da Escola Deuzuíta vai se reunir com representantes da Seduc no próximo dia 13, em Belém.
Abandono
Inaugurada em abril de 1994, durante o governo de Jader Barbalho, a Escola Deuzuíta, que funciona nos horários da manhã, tarde e noite, tem mais de 1.500 alunos. Localizada em uma área nobre de Redenção, é o retrato do abandono e descaso por parte da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), que é o órgão responsável pela gerência educacional no estado do Pará. Construída em estrutura de madeira, a maioria das salas de aula da unidade apresenta sérios problemas, onde as peças de madeira estão sendo consumidas por cupins, colocando em risco a vida de pessoas que estudam e trabalham na escola.
Além disso, falta de portas e janelas, banheiros sem funcionar, falta de professores em diversas disciplinas, assim como falta de vigilantes, local adequado para recreação e atividade física escolar, também estão entre os principais problemas que a direção da Escola Deuzuita de Queiroz vem enfrentando há vários anos. (Colaboração: Paulo Carrion)