INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Cadeia de Redenção é um barril de pólvora


A fuga de treze presos de uma mesma cela mostra a fragilidade na cadeia pública de Redenção. Os presos fugiram na madrugada de quarta-feira (25). Eles saíram pelo muro do hospital municipal Iraci Machado Araújo, que fica nos fundos da superintendência. A polícia faz ronda atrás dos fugitivos, mas até o momento ninguém foi recapturado.

Essa é a segunda fuga registrada em menos de dois meses. No dia 10 de julho, 13 presos escaparam usando os mesmos métodos. Destes, apenas três foram recapturados pela polícia. Com o grande número de fugas e a falta de estrutura do prédio da delegacia, autoridades já pediram a interdição do local.

A delegacia de Redenção, que funciona no mesmo prédio da Superintendência de Polícia Civil do Sul do Pará, tem capacidade para 18 presos, mas abrigava 65 no momento da fuga.

Entre os fugitivos estão: Pablo Dwann José Souza Machado; Cleyton Dias da Silva; Elismar Pereira do Carmo; Charles da Luz; Josiel Ferreira dos Santos; Raimundo Paulo da Conceição Souza; Osvaldo Marçal de Oliveira, vulgo “Nenzão”; Alecio Martins Sousa, vulgo “Nenen”; Leandro Barbosa de Souza; Wilton Gonçalves da Cunha; e Cleyton Moreira de Oliveira, o “Ratboy”.