INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sábado, 21 de agosto de 2010

Pará entre os piores em saneamento


O Pará avançou muito pouco no saneamento básico nos 143 municípios do Estado. A Pesquisa Nacional de Saneamento Básico (PNSB) realizada entre os anos de 2000 e 2008 e anunciada sexta-feira (20), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostrou que 134 cidades paraenses continuavam sem ter sistema de esgotamento sanitário em 2008. Em 78 delas a solução alternativa ainda era feita por fossas sépticas e sumidouros. Em outros 53 municípios a população utilizava fossas rudimentares.

De acordo com a pesquisa, de 2000 para 2008 79,9% dos municípios brasileiros estavam ampliando ou melhorando o serviço de coleta de esgoto sanitário, contra 58% em 2000. O avanço ocorreu em quase todas as regiões, com exceção do Norte, cujo percentual de ampliações e melhorias se reduziu (de 53,1% para 48,3%). Os maiores percentuais foram encontrados no Sudeste (85,4%), Centro-Oeste (78%) e Sul (77,5%).