INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Parauapebas: Desocupação de área invadida do Polo Moveleiro causa atrito entre Polícia e populares



Na manhã da última quinta-feira (5), uma ação conjunta que englobou a Prefeitura Municipal de Parauapebas e suas respectivas secretarias de Meio Ambiente, Habitação, Assistência Social e Urbanismo, juntamente com as polícias Civil e Militar, no intuito de desapropriar uma área invadida a mais de 60 dias, situada na PA 160 entre Casas Populares II e Polo Moveleiro de Parauapebas.

O pelotão da tropa de choque se posicionou na área no objetivo de prestar apoio aos órgãos competentes nos procedimentos básicos de averiguação de cadastros no Programa Minha Casa Minha Vida, e um acompanhamento necessário das assistentes sociais a famílias que hora moravam em barracos construídos de madeira coberto de lona com crianças, muitas de colo.

De acordo com a assistente Eulália Almeida, as famílias que realmente não tem onde morar, a prefeitura as conduzirá em pousada no Projeto Pipa e logo em seguida será providenciado três meses úteis de aluguel, onde a família ganhará tempo para se ajustar em um emprego e viver por conta própria.

De acordo com o os ocupantes a polícia detonou gás lacrimogêneo e bombas de efeito moral, como também tiros de balas de borracha, onde alguns manifestantes foram atingidos. Alguns moradores das Casas Populares II revelaram a reportagem que tiros foram disparados em direção as suas residências onde, crianças se encontravam. No alvoroço, populares depredaram uma viatura de propriedade da Polícia Militar e dois acusados foram presos. (Colaboração: John Wilson)