INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

REDENÇÃO: Governo do Estado não libera recursos para recuperar Avenida Araguaia


A situação em que se encontra o trecho da Rodovia Estadual, que corta o perímetro urbano de Redenção, está praticamente intrafegável. Os buracos causados pela falta de manutenção na rodovia têm sido motivo de inúmeras reclamações e críticas ao governo estadual que prometeu recursos para a recuperação a pista.

Pelo trecho danificado da Avenida Araguaia, principal via de Redenção passa quase todos os veículos que entram e saem de Redenção. O tráfego tem que ser feito com cuidado redobrado, porque há um buraco atrás do outro. Os motoristas não gostam, pois são os mais prejudicados devido os problemas mecânicos causados nos veículos. Além de danificar os carros, os buracos também podem provocar acidentes, principalmente em quem anda de moto ou de bicicleta.

CONVÊNIOS
Quando esteve em Redenção, no primeiro semestre deste ano, a governadora Ana Júlia Carepa (PT), que é candidata à reeleição, prometeu que iria liberar recursos para a pavimentação e recuperação de ruas de Redenção, mas até o momento nada foi feito.

Na ocasião, a governadora prometeu novos investimentos que seriam realizados em Redenção, através de parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal. Ana Júlia anunciou a recuperação da pista central e as duas pistas laterais da Avenida Araguaia, e recursos para a pavimentação de 10 km de asfalto de ruas da cidade.

O prefeito Wagner Fontes disse que provavelmente o município de Redenção não irá mais receber os recursos prometidos pela governadora Ana Júlia, já que o prazo para que isso acontecesse, teria esgotado. Porém, ele avisou que a população não vai mais continuar sofrendo por causa de uma irresponsabilidade por parte do Estado, e anunciou que dentro de 20 dias, a prefeitura vai dar início ao trabalho de recuperação da Avenida Araguaia, em parceria com os proprietários de empresas localizadas ali. (Colaboração: Paulo Carrion)