INFORMAÇÕES

domingo, 29 de agosto de 2010

Welk: goleiro sem rival


Por Mário Rubens

Redenção tem um atleta de nível A. Ouso dizer que ele tem lugar como titular em qualquer clube do ranking nacional.

Lamento apenas que neste município não haja equipe do nível desse jogador. Não digo isso por fazer média, mas sim, justiça. Há anos que vem campeonato, vai torneios... Enfim, competições amadoras de todo quilate e o brilho sempre se repete nas mãos desse golquíper que garante resultados ou faz a diferença quando a competição arrola às penalidades máximas.

Desafio o leitor que esteja supondo exagero nas minhas palavras a conferir com a LER (Liga Esportiva de Redenção) os resultados e quem estava sob a meta do vencedor.

É irreverente, grande e para o adversário se torna maior ainda, tamanha sua segurança sob a baliza e dentro da grande área.

Escrevo estas linhas porque, poucas e acanhadas vezes houve menções à sua performance; por isso gostaria de exaltá-lo para, como já foi dito, fazer justiça aos desportistas e esportistas de Redenção.

Espero com isso não enciumar outros valorosos atletas que estiveram na mesma equipe coadjuvando nos resultados. O que normalmente acontece depois de uma partida acirrada e que um tento é marcado, seu autor se torna herói dando a impressão que só ele é protagonista no evento.

Observei na imprensa escrita que na última conquista municipal do Juventus e do regional pela seleção, o desempenho do goleiro Welk, ou “Foca” foi determinante para a coroação máxima das suas equipes, mas as estampas dos jornais e as matérias referentes ao feito esqueceram-no. Creio não ser somente quem escreve este artigo que comunga desta opinião de que: Wellking Carlos da Silva é o maior e mais eficiente goleiro de todos os tempos de Redenção.

(Editor: Otávio Araújo)