INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sábado, 16 de outubro de 2010

Redenção: Acusados de homicídio de advogado são transferidos para presídio

Dois acusados de participação na morte do advogado Wander José de Sousa, que estavam presos na carceragem da Superintendência Regional de Polícia Civil, com sede em Redenção, sul do Pará, foram transferidos, por medida de segurança, para o Centro de Recuperação da cidade. Os presos são Edíveo José Soares Neto, maranhense, 24 anos, ex-presidiário, conhecido como "Neto" e seu comparsa, Nick Vonne Santana, paraense, 35 anos.

Segundo informações colhidas na delegacia, após receber uma denúncia anônima de que os presos seriam resgatados da cadeia de Redenção, o juiz da comarca do município, Aroldo Silva da Fonseca, determinou a imediata transferência de Edíveo e Nick Vonne para o presídio.

A acusada de mandante do crime, Valmerice Pereira Peres, ex-mulher do advogado, foi transferida do Centro de Recuperação de Redenção para uma carceragem de Belém. Os três acusados de envolvimento direto na morte de Wander José de Sousa foram presos três dias após o crime por policiais da Divisão de Homicídios de Belém, com apoio da Superintendência de Polícia Civil do Araguaia.

O empresário e advogado Wander José de Sousa, 60 anos, foi executado com um tiro na cabeça, enfrente ao Uberaba Hotel, de sua propriedade, na avenida Brasil, na entrada da cidade, no dia 22 de setembro deste ano.