INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Tucumã: Vereadores se articulam pela presidência da Câmara

Finalizado o primeiro turno das eleições deste ano os grupos políticos da cidade de Tucumã começam a rever suas estratégias políticas com vistas nas eleições de 2012, a começar pela a eleição do novo presidente da Câmara, embora ainda seja necessário terminar o segundo turno para ficar mais claro o cenário político pós – eleição

A eleição da nova mesa diretora da Câmara de Vereadores do Município de Tucumã (CMT) será em dezembro deste ano, mas apesar do tempo que falta até lá, os vereadores já conversam entre si sobre quais nomes devem ser colocados para disputar os cargos mais importantes da Casa.

No entanto, todos esperam o resultado das eleições do dia 31 de outubro para que possam definir suas escolhas. Para a Presidência da Casa, novos nomes surgem a cada sessão, que desde o início da campanha eleitoral passaram a ser tomadas pelas discussões políticas, em detrimento do debate sobre projetos relevantes para os cidadãos Tucumaense.

CANDIDATOS
Alguns nomes, como Carlos Evandro Nogueira Ozório (PMDB), Joel de Jesus Pia (PR), Manoel Cardoso da Silva e Laudi José Witeck, ambos do (PDT) já se colocam há disposição para a disputa interna. Outros nomes vão surgindo nos bastidores e são cogitados para suceder Waldomiro Cordeiro Soares (PSDB), Vereador Presidente do Poder Legislativo Municipal de Tucumã, até 31 de Dezembro de 2010.

A eleição da nova mesa diretora acirra os ânimos na Câmara de Vereadores de Tucumã a cada dois anos. No entanto, enquanto aguardam o resultado das eleições estaduais para que possam articular os nomes que vão disputar a Presidência da Casa, os vereadores trabalham junto ao seu eleitorado para reeleger a atual Governadora do Estado Ana Júlia Carepa (PT) ou eleger o Governador Simão Jatene (PSDB).

VOTAÇÃO DA LDO
A mesa diretora da Câmara Municipal de Tucumã recebeu recentemente, do gabinete do Prefeito do município de Tucumã, Celso Lopes Cardoso (PDT), o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2011 e do Plano Plurianual (PPA) relativo ao período de 2011 a 2013. A LDO foi definida pelo artigo 165, parágrafo segundo da Constituição Federal e pela lei complementar 101 de 2000: Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

A peça orçamentária tem a finalidade de orientar na elaboração do orçamento financeiro, objetivando as metas municipais, estabelecendo pré-definições de objetivos a serem alcançados através de projetos e ações a serem desenvolvidos no próximo ano em todos os setores da administração pública municipal, objetivando que as despesas referentes às prioridades do governo municipal destinem recursos para a implementação de políticas públicas e de responsabilidade social para a população.

De acordo com o Regimento Interno da Casa, a lei deve ser lida em sessões ordinárias no Plenário Vereador Adão Lote, antes de ser posta para discussão e em seguida, será votada pelo parlamento municipal. (Roney Wydiamaior)