INFORMAÇÕES

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Plebiscito para criação de Carajás volta à pauta


Por muito pouco o plenário da Câmara dos deputados não votou ontem os PDCs (Projetos de Decreto Legislativo) 2300/09 e 159-B/92, que autorizam a realização de plebiscito para a criação do Estado do Carajás.

Os PDCs, que estavam na pauta da sessão extraordinária, só não foram apreciados pelos deputados porque o PSDB insistiu em votá-los nominalmente, mesmo sabendo que o pedido de verificação de quorum derrubaria a sessão por causa da presença mínima de parlamentares.

O projeto foi retirado da pauta a pedido do deputado Giovanni Queiroz (PDT-PA), um dos autores dos PDCs, para evitar que a sessão fosse derrubada por causa da insistência do vice-líder do PSDB, Antonio Carlos Panuzzio (SP), em requerer verificação nominal, caso as propostas fossem colocadas em votação.

Além de Panuzzio, outros dois deputados insistiram na oposição de votar os PDCs na sessão extraordinária: Arnaldo Madeira (PSDB-SP) e José Genuíno (PT-SP). Ambos disseram que projetos que aprovam plebiscitos não podem ser apreciados em votação simbólica. Segundo Giovanni Queiroz, na próxima terça ou quarta-feira os PDCs devem voltar a ser analisados.