INFORMAÇÕES

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Redenção: Assassinato de avó e neto continua sob investigações


A Polícia Civil de Redenção continua investigando um duplo homicídio ocorrido no dia 9 de outubro deste ano. Mariana Pereira, de 74 anos, e seu neto, foram mortos por estrangulamento. Os corpos foram localizados em um matagal, na comunidade dos Pebas, zona rural do município. No pescoço do menino foram encontrados pedaços de corda. Já o cadáver da anciã estava totalmente despido e apresentava sinais de violência sexual.

Um suspeito chegou a ser preso em Redenção, porém, como nada foi provado contra ele, acabou liberado.

O delegado Paulo Cesar Melo, responsável pelo caso, pediu à Justiça a prorrogação do prazo para a conclusão do inquérito policial. A principal linha de investigação é de que avó e neto foram vítimas de latrocínio.

Mariana Pereira, que residia na cidade de Xinguara, teria viajado à Redenção para receber o pagamento proveniente da venda de um imóvel. A Polícia suspeita que a anciã tenha sido seguida após receber o dinheiro, roubada e depois executada para não revelar as características do ladrão. Já a criança, ainda conforme a polícia, também foi enforcada porque conhecia o criminoso. Segundo depoimento de testemunhas, a idosa e o garoto foram vistos pela última vez no terminal rodoviário de Redenção, na sexta-feira, 8 de outubro, dia anterior ao duplo homicídio.