INFORMAÇÕES

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Prefeitos do Pará podem fazer greve por recursos do Pré-sal

O interior do Pará pode parar a partir de hoje. Segundo estimativa da Federação das Associações de Municípios do Pará (Famep), cerca de 70% das prefeituras do Estado podem interromper suas atividades numa tentativa de conseguir a sanção do projeto de lei que distribui royalties do pré-sal para todos os municípios brasileiros.

Segundo estimativas da Confederação Nacional de Municípios (CNM), com as novas regras, as prefeituras do Pará receberiam, em 2011, mais R$ 225,2 milhões, além dos R$ 24,3 milhões já previstos, totalizando R$ 249,5 milhões de repasses.