INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Aids já provocou morte de três mil paraenses


De acordo com um Levantamento do Boletim Epidemiológico - Aids e Transmissão Vertical, da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), nos últimos 15 anos foram notificados 9.428 casos de Aids em maiores de 13 anos na capital e em municípios do interior do Estado.

Adultos entre 20 e 49 anos ainda são os mais vulneráveis à doença. Deste total, 6.030 são homens e 3.398 mulheres, sendo que 1.261 foram gestantes diagnosticadas com o HIV. Já entre os anos 2000 e 2009, 198 casos foram notificados em crianças menores que cinco anos.

Em 25 anos, ocorreram 3.702 mortes, dos quais 2.605 só do sexo masculino. Em relação a orientação sexual de pessoas notificadas com o vírus, o boletim revela que a categoria de exposição ao HIV abrange uma maioria ignorada (39,08%), seguida por heterossexuais (27%), homossexuais (16,2%) e bissexuais (10,5%).

Na região sul e sudeste do Pará, 15 municípios registraram um grande número de infectados entre os anos de 2007 e 2009: Marabá, Tucuruí, Parauapebas, Redenção, Paragominas, Tailândia, Novo Repartimento, Breu Branco, Jacundá, Rondon do Pará, Pacajá, Santana do Araguaia, São Félix do Xingu, Altamira e Eldorado do Carajás. (Fonte; O Liberal)