INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Jader fechou o mandato sem apresentar um projeto

"Em 2010, ele foi o que mais faltou sem dar explicações"

O Congresso em Foco, site especializado em política, mostra que Jader Barbalho (PMDB) foi o deputado que mais faltou sem explicação na Câmara em 2010. O ex-parlamentar, tornado inelegível pela Lei da Ficha Limpa, em julgamento no Supremo Tribunal Federal, ele também fechou o mandato sem apresentar nenhum projeto de lei

Levantamento feito com exclusividade pelo Congresso em Foco com base em informações oficiais da Câmara dos Deputados, mostram que ex-deputado foi o que mais teve faltas não justificadas, entre todos os 513 deputados de todo o país. Ele faltou a 216 sessões de votação, das 422 que ocorreram em 2010. Com este número, Jader mais faltou do que esteve presente. O percentual de
ausência chega a 61,4%.

A lista dos deputados que menos compareceram ao plenário na atual legislatura é composta por representantes de nove Estados e oito partidos políticos. Encabeçam a relação os deputados Nice Lobão (DEM-MA), Jader Barbalho (PMDB-PA), Vadão Gomes (PP-SP), Ciro Gomes (PSB-CE) e Marina Magessi (PPS-RJ). Marcos Antonio (PRB-PE), Miguel Martini (PHS-MG), Fernando de Fabinho (DEM-BA), Silas Câmara (PSC-AM) e Alexandre Silveira (PPS-MG) completam o ranking dos dez parlamentares que somaram mais ausências nos últimos quatro anos. De todos, apenas três foram reeleitos: Nice Lobão, Silas Câmara e Alexandre Silveira