INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Redenção: Acusados da morte de Careca são condenados a 21 anos


Os seis acusados da morte do detento Raimundo Nonato Barbosa de Souza, conhecido por Careca, Alex Costa Gomes, Clodoaldo Sobrinho de Pereira, Juscinei Xerente, Rutemberg Silva Freitas, Wanderley Pereira Pinheiro e Rosimar Queiroz Sobrinho, foram condenados a 21 anos de prisão em regime fechado na Penitenciaria de Americano, em Santa Izabel. O crime aconteceu no dia 26 de novembro de 2007, após o encerramento do período de visitas.

O julgamento aconteceu no Fórum de Justiça de Redenção, com duração de 13 horas. O júri, formado por três mulheres e quatro homens, aceitou a tese dos promotores de acusação que pediram a condenação dos seis acusados.

O depoimento do agente prisional Marcos Antônio, e da detenta Jarlene Fernandes Martins, foi fundamental para o trabalho da acusação que teve a cargo dos promotores João Batista Araújo e Ítalo Costa Dias.

Dos seus acusados, somente o Rosimar Queiroz Sobrinho, assumiu ter participado do crime. “Eu matei sozinho o Careca, não foi preciso ajuda de ninguém”, disse o acusado para o Juiz. Os demais acusados negaram a participação no crime, dizendo que nada viram e nada sabiam naquele dia fatídico para a vítima, que havia sido transferido há poucos dia da cidade de São Félix do Xingu, para a penitenciária de Redenção.

De pé, cada um dos acusados ouviu o Juiz Haroldo Silva Fonseca, titular da 2ª Vara da Comarca de Redenção, proferir a sentença de 21 anos de prisão.