INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sábado, 30 de abril de 2011

Vigília para lembrar João Paulo II reuniu 200 mil pessoas em Roma


Em uma noite que lembrava as grandes vigílias presididas por João Paulo II, cerca de 200 mil pessoas se reuniram neste sábado no Circo Máximo de Roma para homenagear o papa Karol Wojtyla, que neste domingo será proclamado beato.

"Ele já era santo em vida", afirmou emocionado Joaquín Navarro Valls, o espanhol que durante 22 anos foi seu porta-voz e que neste sábado, ao lado do antigo secretário particular Stanislaw Dziwisz, homenageou Wojtyla junto a dezenas de milhares de fiéis de vários países.

A vigília também contou com o discurso da freira francesa Marie Simon Pierre, de 51 anos, cuja cura do Mal de Parkinson que sofria, de maneira inexplicável para a ciência, abriu as portas para a beatificação de Karol Wojtyla. A religiosa destacou sua "humildade, força e coragem", bem como seu "exemplo para aceitar o sofrimento".