INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quarta-feira, 11 de maio de 2011

Polícia Federal verifica apreensão de Cassiterita


Delegado federal Luis Felipe


José Cláudio diz que a carga é legal

Agentes da Polícia Federal da Delegacia de Redenção estiveram na manhã desta quarta-feira (11) em Xinguara para investigar a procedência de uma carga de Cassiterita que se encontra no pátio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Xinguara.
De acordo com informações, o caminhão conduzindo dose toneladas do minério, teria sido apreendido primeiramente por um fiscal da SEFA de prenome Bolinha, e posteriormente trazido para o pátio do 17º Batalhão Carajás de Xinguara, onde teria permanecido por 20 dias.

Na segunda feira uma equipe da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA), chegou a Xinguara para formular legalmente a apreensão do material, que ficou sob a responsabilidade da secretaria de meio ambiente de Xinguara até que as investigações sejam concluídas.

Nesta quarta-feira, policiais federais tendo a frente o delegado Luis Felipe da Silva, se deslocaram de Redenção até Xinguara para realizar diligências a cerca da origem da carga apreendida, pois há suspeita de que tenha sido extraída de terras indígenas, sem autorização, o que é proibida por lei.

O responsável da carga, José Claudio de Sousa, disse que a mesma pertence à filial da Cooperativa Mineradora dos Garimpeiros de Ariquemes Ltda, com sede em Ariquemes (RO) e com filial em Taboca, município de São Félix do Xingu, com autorização legal do Departamento de Produção Mineral (DNPM) e guiada devidamente pela Secretaria da Receita Estadual.