INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sábado, 11 de junho de 2011

Redenção: UPA será referência na região


"O prédio está sendo construído em um local estratégico no entroncamento de três rodovias. O local era usado pelos moradores como depósito de lixo, agora está sendo erguida uma obra magnífica”, disse Wagner Fontes.

Uma obra de porte grande construída com recursos do Governo Federal em parceria com a Prefeitura Municipal de Redenção está em pleno desenvolvimento. Localizada em uma área estratégica, no entroncamento de três rodovias, a construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Porte-II, segue em ritmo acelerado. Cerca de vinte operários trabalham diariamente no canteiro de obras.

A unidade de saúde que vai funcionar como um Pronto Socorro Regional está sendo construída às proximidades das rodovias BR-158, que liga Redenção ao Estado do Mato Grosso passando por Santana do Araguaia, PA-155, que liga Redenção a Marabá (antiga PA-150) e PA-287, que liga Redenção a Conceição do Araguaia, divisa com o Estado do Tocantins.

A obra orçada no valor de R$ 1.647.445,67 está prevista para ser entregue no inicio do ano 2012.

A construção terá três pavilhões, e mais de 50 salas para atendimento médico de pacientes de diversos municípios da região. A unidade de saúde será responsável pelos primeiros procedimentos de pacientes que apresentarem problemas grave de saúde. O projeto prevê construção de salas de ambulatórios, cirurgias, exames, acolhimento, sala de espera, necrotério e outros serviços.

“Esse local foi uma exigência do Ministério da Saúde por estar situado às margens de três importantes rodovias e as proximidades do Hospital Público Regional. É um local perfeito”, enfatiza Mário Alves, coordenador da obra.

Para o prefeito Wagner Fontes, que articulou junto com sua equipe a construção da UPA em Redenção, a cidade ganha com mais um local para que o povo possa ser atendido, além de gerar mais emprego e renda para os redencenses. “A área que antes era usada como depósito de lixo pelos moradores, agora será totalmente revitalizada e os terrenos em volta ganham em valor, devido à magnitude da obra. Novos pontos comerciais surgirão em volta da UPA”, frisou Wagner Fontes.