INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Conceição: Menor desaparece misteriosamente


Andressa da Rocha Silva, 14 anos de idade, saiu de casa no início da tarde de sábado (08) dizendo que iria participar de uma festa de aniversario na casa de uma amiga e desde então nunca mais foi vista pelos parentes e amigos. A mãe da garota informou que por volta das 14h esteve na casa da amiga para onde Andressa teria ido, e ficou sabendo que não houve nenhuma festa de aniversário no local.

O clima de aflição aumentou a partir do momento que a família tentou manter contato com a menor pelo telefone celular dela e não conseguiu, pois o aparelho foi desligado. O pai de Andressa, Josué Bezerra da Silva descobriu que a menina teria sido levada para o terminal rodoviário de Conceição do Araguaia no mesmo dia por um homem moreno, magro e de estatura mediana.

A moto taxista que transportou o casal confirmou a informação. De acordo com ela, a menor e o suspeito estavam em um hotel no centro da cidade e fizeram a corrida depois das 14h. A reportagem esteve no referido hotel junto com os pais da adolescente, mas a funcionaria que estava de plantão na hora mencionada disse que não se lembrava das características físicas do suspeito. A funcionária também não soube dizer se a menina esteve no hotel.

No livro de registros de hóspedes não há informações com os dados pessoais de quem se hospeda no local, como número de RG (Registro Geral) ou CPF (Cadastro de Pessoa Física). Os hospedes são registrados apenas pelo pré-nome. Como o sistema de circuito interno não grava as imagens, a identificação das pessoas que chegam e saem do hotel não fica registrada.

O pai da menina acredita que ela tenha sido aliciada por alguém por meio da internet e fugido com o suposto aliciador. Ele descobriu que a menina estava mantendo contato com um homem há algum tempo. Essa é apenas uma suspeita, já que não existem comprovações concretas.

A família apela para quem possa ter qualquer informação sobre a menor entrar em contato pelo telefone (94) 9195 7495. (Fonte: canoticias.com)