INFORMAÇÕES

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Casa do Estudante em Belém está caótica


Forro quebrado, parte elétrica em curto-circuito e infiltrações por toda a parte. Esses são apenas alguns dos muitos problemas que moradores da Casa do Estudante de Ourilândia do Norte precisam enfrentar diariamente, em Belém. Os jovens que moram no local denunciam o descaso com a casa, que há quatro anos não recebe nenhum tipo de reparo.

De acordo com Douglas Ávila, presidente da Casa, na semana passada, um curto-circuito na fiação elétrica fez pegar fogo parte do forro da sala de estudos. 'Foi horrível, vivemos momentos de muita tensão aqui quando a fiação entrou em curto e o teto começou a pegar fogo. Por conta disso, ficamos dois dias sem luz', denuncia.

A casa tem sete quartos, dois banheiros, sala, cozinha e uma sala de estudos, mas Douglas conta que os problemas se estendem por todos os cômodos. 'Nos banheiros, as descargas não funcionam, as portas estão quebradas. Já nos quartos, precisamos torcer para que não chova, pois as várias infiltrações que existem e os problemas no forro deixam os quartos alagados', reclama. (Wesley Costa)