INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sábado, 21 de janeiro de 2012

MPF acusa prefeitos de Itaituba e Altamira por crime eleitoral


Prefeito Valmir Climaco

Os prefeitos de Itaituba, Valmir Clímaco de Aguiar (PMDB), e de Altamira, Odiléia Maria de Sousa Sampaio (PSDB), foram denunciados à Justiça pelo procurador regional Daniel Azeredo Avelino, do Ministério Público Federal, acusados de crime eleitoral nas eleições de 2008. Odileida Sampaio, o vice-prefeito Silvério Albano Fernandes e o candidato a vereador Francisco Eduardo da Silva são acusados de oferecer uma doação de R$ 20 mil em troca de apoio político.

O dinheiro captado ilicitamente seria pra construção de três piscinas no Grêmio de Cabos e Soldados de Altamira, em troca de divulgação da candidata junto aos sócios. De acordo com a denúncia enviada ao TRE-PA, Francisco Eduardo Modesto da Silva e Osni Alves dos Santos também estão envolvidos no crime. Eles receberam o dinheiro. O Ministério Público Eleitoral enviou uma notificação a cada um pedindo esclarecimentos em um prazo de quinze dias, a partir da data de recebimento da denúncia.

No caso de Itaituba, o prefeito Valmir Clímaco de Aguiar e mais cinco pessoas foram denunciados ao TRE. O então candidato a prefeito, Valmir Clímaco, é acusado de patrocinar emissões fraudulentas de títulos eleitorais. A primeira denúncia foi feita por uma funcionária da prefeitura cedida ao cartório eleitoral do município. Valmir também é acusado de oferecer empregos na prefeitura a parentes dos funcionários do cartório eleitoral, caso esses funcionários expedissem os títulos eleitorais fraudulentos.