INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Sul do Pará lidera ocorrências de trabalho escravo

De acordo com a última atualização da chamada 'Lista Suja do Trabalho Escravo', que traz a relação de empregadores flagrados mantendo trabalhadores em condições análogas a de escravos, 31 municípios paraenses, sendo 25 nas regiões sul e sudeste, estão na listagem registrando ocorrências em inúmeras fazendas e carvoarias. Dentre os municípios onde mais ocorreram os flagrantes estão Rondon do Pará e São Félix do Xingu, cada um com sete operações que resultaram no resgate de 340 trabalhadores.

Em Rondon foram resgatados 11 trabalhadores na propriedade de Londualdo Silva; 61 na carvoaria Chapadão; 21 na carvoaria Santa Lúcia; 2 na fazenda Santa Maria; 32 na fazenda Fé em Deus; 19 na carvoaria Nova e 6 na fazenda Chego Lá. Já no município de São Félix do Xingu, o Grupo Móvel do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) resgatou 41 trabalhadores na fazenda Cajazeira; 13 na serraria Lindoeste; 44 na fazenda Capivara; 20 na fazenda Santa Terezinha; 38 na fazenda Bandeirante; 4 na fazenda Boa Esperança e 32 na fazenda Três Irmãos.

No entanto, o recordista em número de trabalhadores resgatados no Pará é o município de Tucumã, que aparece na Lista Suja do MTE com nada menos que 467 trabalhadores resgatados, sendo 261 na fazenda Vale do Rio Fresco, 152 na empresa Tucumã Agropecuária Maciel II e 54 na fazenda Rio Dourado. (ORM)