INFORMAÇÕES

sexta-feira, 30 de março de 2012

Pará é classificado para ser livre da aftosa


O resultado da auditoria da febre aftosa que aconteceu entre os dias 13 e 17 de fevereiro nas regiões norte, nordeste, oeste e Marajó, saíram na terça-feira, 27, na sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento em Brasília.

O Pará obteve a melhor avaliação pelo Mapa, com nota superior a 80%, sendo apto de ser livre de febre aftosa com vacinação. O estado paraense evoluiu em termos dos 28 itens avaliados, crescendo em 27 e manteve o mesmo status, sem regressão. Alguns itens avaliados são: controle de trânsito, epidemiologia, controle de revendas, funcionamentos dos escritórios e afins. Os estados de Alagoa, Ceará, Maranhão, Piauí, Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte, também foram classificados para área livre de aftosa com vacinação.

“É um sonho há mais de 10 anos das regiões nordeste, oeste, e Marajó. É um sonho dos produtores, dos empresários, um sonho do Estado. Isso melhora muito a exportação de carnes, atraem novos frigoríficos, esses estados vão poder levar animais de alta genética para qualquer exposição”, ressalta o diretor geral da Adepará, Mário Moreira”.

Agora, é classificado a dar início no processo de sorologia para verificação de circulação viral nos animais, se a constatação for negativa, o Pará estará próximo para ser todo livre de febra aftosa até final do ano, já sendo 75% livre no seu rebanho. Depois desse processo, ano que vem, o Pará vai ser reconhecido internacionalmente pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).