INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Câmara Federal regulamenta profissão de árbitro

A Câmara aprovou na noite desta quarta-feira projeto de lei que regulamenta a profissão de árbitro de futebol. Em tramitação há dez anos no Congresso, a proposta estabelece punição para a arbitragem fraudulenta, ou seja, quando for comprovado que o juiz interferiu dolosamente no resultado natural da partida. A pena é de detenção de seis meses a dois anos, além de multa.

"É uma lacuna o fato da arbitragem ser amadora, quase um serviço voluntário. O juiz recebe por partida. Agora, com a lei, a profissão ficará regulamentada, dando um caráter mais estável à preparação do árbitro de futebol", disse o relator do projeto, deputado Chico Alencar (PSol-RJ).
Mas, antes de entrar em vigor, o projeto de lei aprovado pela Câmara precisará ainda ser votado pelo Senado. (Fonte: Agência Estado)


Federal Board regulates the profession of referee

The House passed late on Wednesday a bill that regulates the profession of football referee. In progress for ten years in Congress, the proposal establishes punishment for fraudulent arbitration, ie when it is proven that the judge intentionally interfered with the natural result of the match. The penalty is imprisonment of six months to two years and fined.


"It's a gap the fact that arbitration is amateurish, almost a voluntary service. Judge receives per game. Now, with the law, the profession will be regulated, giving a more stable preparation of a soccer referee," said the rapporteur project, deputy Chico Alencar (PSOL-RJ).


But before entering into force, the bill passed the House still need to be voted by the Senate. (Source: State Agency)