DOE SANGUE - PROCURE O HEMOPA DE SUA CIDADE.


Seja um colaborador do blog, envie notícias para o e-mail otavioaraujo19@hotmail.com ou WhatsApp 91936270.

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Conceição do Araguaia, o berço do sul do Pará completa 115 anos

Às 15 horas do sábado, dia 04 de março de 1905, Frei Gil deu seu último suspiro ao sabor do balançar do banzeiro sobre o qual navegara. Morreu o homem, mas floresceu seu sonho de tornar Conceição a mais bela metrópole do vale araguaiano. Com a instalação do município em 10 de janeiro de 1910, começaram as intendências com Simplício Pereira Costa, passando por Diogo Mourão, Rufino Brasil, Belarmino Evaristo e tantos outros.
Conceição do Araguaia não nasceu para ser cidade, e sim, uma catequese, que apesar de tão sonhada e planejada pela Missão Dominicana, através do ingente esforço do intrépido Frei Gil, não teve como vingar, devido ao seu modo operacional, sua filosofia equivocada e os meios aplicados junto a uma nação indígena sem nenhum interesse em aplicar-se aos costumes do “branco”.

Passados 115 anos a cidade se firmou com uma das mais pacatas e belas do sul do Pará. Sua população conserva o estilo tipicamente pacato oriundo dos seus primeiros habitantes. Inegavelmente Conceição do Araguaia agrega características que a tornam uma cidade agradável e bela.

Para festejar os 115 anos do município a prefeitura preparou uma vasta programação que teve início nesta terça-feira, 29, com uma corrida de rua. Os 115 anos de Conceição do Araguaia incluem a realização de um culto evangélico (Igreja Fonte da Vida) e em seguida a apresentação do Coral da Escola Adventista e dos Alunos da Escola Municipal de Musica, com a regência do Maestro Levino Alcântara, no Projeto Beiradeiro. Alem disso haverá a apresentação da Orquestra Sinfônica do Exercito, uma queima de fogos, a partir da meia noite.

PROGRAMAÇÃO DO ANIVERSARIO DA CIDADE

A partir das 7h haverá um passeio ciclístico com saída da Sede da Prefeitura. Às 9h tem a Cavalgada Ruralista, que faz parte do cronograma de eventos da Expo 2012. Às 16h, na Avenida Araguaia, acontece a 6ª Edição do Meeting Nacional de Ciclismo. Às 19h acontece a Missa no Salão Paroquial e às 22h tem a abertura da 16ª Exposição Agropecuária no Parque de Exposição.

Segundo manuscritos de Frei Gil, de 80 a 90 curumins que anoiteciam na “catequese”, seis a oito não amanheciam. E estes, logo tratavam de voltar à aldeia situada onde hoje é a Vila Cruzeiro, na época, a 1 quilômetro do centro da cidade.

Nem mesmo a chegada das irmãs dominicanas em 31 de dezembro em 1902, contribuiu para o êxito da missão. Assim, pouco a pouco, famílias Caiapó foram mudando para a beira do rio Arraias, pois de onde tinham vindo, às margens do rio Chicão, nas imediações de Barreira de Santana, já havia um aglomerado de fazendas em expansão, com a criação de gado e desenvolvimento da agricultura de subsistência.

Notando que seu sonho, cada vez mais se distanciava da realidade, e sentindo-se responsável pelas famílias que havia trazido para ajudar da missão, oriundas de municípios goianos, do povoado de Barreira de Santana e até de algumas cidades do estado do Maranhão, viu-se na obrigação de dar prosseguimento na sobrevivência daquelas almas, já decepcionadas e com fome. Frei Gil procurou, dentro de sua humildade, apoio financeiro para manter o povoado.

Com a complacência e o apoio do aguerrido amigo Inocêncio Costa, embarcou de carona no batelão deste, chegando até Belém. Ali foi recebido pelo bispo e também pelo governador da província do Pará, Dr. José Paes de Carvalho, que prontamente lhe concedeu um subsídio de vinte contos de réis, em dinheiro, roupas para os índios que ainda permaneciam no povoado e um grande carregamento de enxadas, machados e outros instrumentos de trabalho usado na agricultura.

Começava ali a insuperável e árdua luta de Frei Gil para alimentar, fazer crescer e trazer progresso físico e espiritual para sua Conceição do Araguaia. Viveu diariamente com muitos sofrimentos, decepções, angustias e incertezas.

As intendências não deram certo motivadas pelo corporativismo, nepotismo, revanchismo e a maioria por incompetência. As intendências duraram de 04 de novembro de 1911 até 1930 quando começaram as intervenções que chegaram até 1948. (Nildo Monteiro)
 Busto de Frei Gil de Vila Nova
 Capela onde foi celebrada a primeira missa por Frei Gil

Primeiras moradias