INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

terça-feira, 10 de julho de 2012

Cumaru: Ibama desativa garimpo ilegal

Agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreenderam, na última semana, dezenove bombas-hidráulicas, utilizadas na extração ilegal de ouro, e meio quilo de mercúrio durante a operação Soberania, realizada nas proximidades da Reserva Indígena Kayapó, em Cumaru do Norte, sudeste do Pará. O responsável pela atividade irregular, um conhecido garimpeiro da região, foi multado em R$ 378 mil e ainda teve a propriedade embargada pelo instituto.

O uso sem controle do mercúrio, que é uma substância tóxica, coloca em risco solo, rios, peixes e também os trabalhadores envolvidos na garimpagem. Cerca de 130 hectares de área sofreram graves danos ambientais para a retirada do ouro, com derrubada da vegetação e “lavagem” do solo.

De acordo com o coordenador da operação, Leonardo Tomaz, “informações indicam que o mercúrio era adquirido de dentistas no município de Redenção, e pago com ouro”. Ele informa que o caso será denunciado à Polícia Federal.

As ações de fiscalização são feitas de helicóptero desde 15 de junho. Além da desativação do garimpo ilegal de ouro, foram flagradas também duas serrarias clandestinas operando a 10 km da reserva indígena.

Com o apoio da Funai, as serrarias ilegais foram desmontadas e o maquinário retirado de caminhões da área protegida. As madeireiras buscavam ajuda dos índios para explorar a floresta da área dos Kayapós.