INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Serra Pelada: Justiça afasta diretoria de garimpeiros

Suspeitas de desvio de R$19 milhões da Cooperativa de Mineração dos Garimpeiros de Serra Pelada (Coomigasp) levaram o Ministério Público Estadual (MPE) a denunciar e conseguir o afastamento do presidente da cooperativa, Gessé Simão de Melo, pela justiça estadual.
A acusação aponta movimentações atípicas nas contas bancárias dele e de mais seis pessoas da diretoria da cooperativa e possíveis ‘laranjas’. De acordo com o promotor de justiça Hélio Rubens Pinho Pereira, responsável pelo caso em Curianópolis (PA), os garimpeiros receberam autorização para explorar a mina de Serra Pelada, mas para isso assinaram um contrato com uma empresa multinacional canadense.

Pelo contrato, os garimpeiros, através da cooperativa, tem direito a antecipações de recursos, equivalente a 25% da produção do ouro, antes que a mina comece a ser explorada.