INFORMAÇÕES

sexta-feira, 22 de março de 2013

BR-158 continua esquecida pelas autoridades


Carreta corre perigo ao passar sobre a ponte improvisada

Operários trabalham na contrução de nova ponte de madeira
Motoristas e populares estão indignados com o descaso do governo federal para com a região extremo sul do Pará, pois mais uma ponte de madeira está sendo construída na rodovia federal BR-158, que liga Redenção, no Pará, ao Mato Grosso, e que é importante via de acesso das fazendas produtoras de gado da região para os frigoríficos instalados em Redenção, Santana do Araguaia e Xinguara.

A ponte de madeira, que substituirá outra ponte de madeira improvisada, está sendo construída sobre o rio Arraias, há cerca de 50 quilômetros de Redenção, já no município de Santa Maria das Barreiras.

No Pará a rodovia tem extensão de 300 quilômetros e corta três municípios: Redenção, Santa Maria das Barreiras e Santana do Araguaia. No Mato Grosso a rodovia passa pelos municípios de Vila Rica e Confresa, na divisa dos dois estados.

A rodovia também é a mais importante via de escoamento de grãos do Mato Grosso e do Sul do Pará para a estação ferroviária do Estreito, na divisão do Tocantins com o Maranhão.

Além dos milhares de buracos na pista, não existe posto da polícia rodoviária federal, além da ausência de sinalização. Em alguns trechos o mato toma conta da pista.

Recentemente foi realizada uma reunião em Santana do Araguaia entre a cúpula do governo do estado e pecuaristas da região, onde foram colocados em pauta todos os problemas. E parece que a primeira medida foi fazer uma ponte improvisada de madeira.

Essa rodovia já existe desde a década de 70.

Na região não existe nenhum deputado estadual, e apenas dois federais, no entanto, nenhuma providência eficaz foi tomada.



BR-155 remains forgotten by the authorities
And popular drivers are outraged by the indifference of the federal government towards the southernmost region of Pará, for another wooden bridge is being built on federal highway BR-158, which connects Redemption, in Pará, Mato Grosso, and that is important route of access of cattle farms in the region for refrigerators installed in Redemption, Santana do Araguaia and Xinguara.

The wooden bridge, which will replace another makeshift wooden bridge is being built over the river Stingrays, some 50 kilometers Redemption, in the municipality of Santa Maria of barriers.
In Pará the highway has length of 300 kilometers and cuts three cities: Redemption, Santa Maria Barriers and Santana do Araguaia. In Mato Grosso, the highway passes through the municipalities of Villa Rica and Confresa, on the border of the two states.

The highway is also the most important outlet grain of Mato Grosso and southern Pará to the railway station of the Strait, in the division of Tocantins with Maranhão.
Besides the thousands of holes on the track, there is no federal highway police station, besides the absence of signaling. In some places the grass takes over the runway.

Recently a meeting was held in Santana do Araguaia summit between the state government and ranchers in the region, where they were placed on the agenda all the problems. And it seems that the first step was to make a makeshift wooden bridge.

This highway has been around since the 70's.

In the region there is no state legislator, and only two federal, however, no action was taken effective.