INFORMAÇÕES

quinta-feira, 11 de abril de 2013

SUL DO PARÁ: Cerca de 40 pessoas estão marcadas para serem assassinadas

De acordo com a lista de ameaçados de morte feita pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), cerca de 40 pessoas estão marcadas para morrer no sul do Pará.

Em São Félix do Xingu, Juvêncio Coelho da Luz, membro do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, tem medo da escuridão e tem uma bala alojada no peito, resultado de uma tentativa de assassinato.

Em 2011, Juvência recebeu uma proposta de compra de sua terra. Ele recusou. Poucos dias depois, enquanto roçava o pasto, recebeu um tiro de revólver no peito, calibre 32.

Coelho registrou o fato na Delegacia de Polícia de São Félix do Xingu, mas nenhuma providência foi tomada por parte da polícia.

O agricultor mora atualmente na vila do Projeto de Assentamento Sudoeste, sem poder retornar ao próprio lote por medo de ser assassinado.

Depois de baleado, Juvêncio vem sendo avisado do risco que corre.