INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Xinguara: Pai desesperado pede socorro

Pai garante que já fez de tudo
Sem sabe mais a que medida tomar para controlar o ímpeto agressivo de seu filho, um rapaz de 13 anos de idade, o consultor de vendas de automóveis em Xinguara, Edivan Cabral da Cunha tem passado momentos de extrema dificuldade em sua vida familiar, em parte provocada pelos delitos cometidos pelo filho, que segundo ele, resolveu viver sem obedecer a limites de conduta moral, para se tornar um menino diferente, ligado à marginalidade, inclusiva, com várias passagens na polícia por roubo, furto e tentativa de roubo.

Cabral disse que a família já tomou todas as providências possíveis junto às autoridades em favor do menor, mas o resultado desse trabalho não alcançou os objetivos necessários para controlar a conduta do adolescente, que só vem piorando. É tanto que o jovem passou a dormir fora de casa, na rua, ao lado de delinquentes, e pior, está fora da escola.


“Já fizemos tudo que um pai e uma mãe podem fazer perante os órgãos que cuidam dos direitos de menores. Já fomos ao juiz da cidade, ao promotor, ao defensor publico, ao Conselho Tutelar, e à polícia, mas só encontramos amparo no CRESS, que prestou toda assistência e acompanhamento nesse caso”, disse Cabral. (Edmar Brito)