INFORMAÇÕES

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

500 indígenas são recadastrados no Pará

O Tribunal Eleitoral Regional (TRE) do Pará realiza o recadastramento biométrico de cerca de 500 índios de dez comunidades da etnia Tembé, próximo a Paragominas, sudeste do estado.

O agricultor Elielson Tembé tem 30 anos de idade, mas ficou 14 deles sem votar porque não tinha título de eleitor. Agora, com a oportunidade de adquirir o documento dentro da aldeia, ele pretende recuparar o tempo perdido. "É uma vitória porque a gente vai poder votar muitas vezes, e ganhar alguma coisa também, ser um cidadão. Estou feliz", comentou.

Muitos indígenas com faixa etária entre 16 e 18 anos, vieram em busca da primeira via do título. Para eles o momento representa uma conquista de cidadania. "[Poder tirar o título] é muita coisa, porque é a primeira oportunidade que eu tenho de tirar esse título para votar. E também representa algo muito importante na minha vida, porque estou evoluindo para a vida adulta, e isso vai pesar muito no meu futuro", afirma o estudante Genilson Tembé. (G1/PA)