INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Conceição: Jucimar Clemente é exemplo de vida pública

Dois livros de sua autoria renderam a Jucimar Clemente, quatro premiações de concurso de poesia a nível nacional. Ele recebeu premiação em Belém, Brasília, Rio de Janeiro e Palmas.
Clemente é um lenda viva da cultura conceicionense

Há mais de 20 anos como servidor público do município de Conceição do Araguaia, Jucimar Clemente é uma pessoa exemplar e muito bem quista pela sociedade conceicionense. De 1984 a 1987, foi diretor do Departamento de Cultura, Esporte e Turismo. De 1993 a 1996, Clemente atuou como 1º Secretário de Cultura, Esporte e Turismo do município, cargo que ocupou por 7 anos.
Segundo Clemente, o Complexo Beradeiro, inaugurado em 1996 na gestão do então prefeito Carlos Cavalcante, foi durante sua atuação como secretário de cultura. Natural de Campos Sales, no Ceará, Clemente mora há 35 anos no Pará. Apaixonado por Conceição do Araguaia, nos anos de 1976 a 1979, Clemente coordenou um grupo com 45 jovens, o Turma Amiga Produzindo Trabalho e Amizade (Tapta) com a promoção de diversas modalidades de eventos.
O servidor público conceicionense também é autor de dois livros de poesias. O 1º, publicado em 1983, Resíduos de Diamantes e o 2º, Gestos e Momentos, lançado em 1989. As duas publicações poéticas renderam a Clemente, quatro premiações de concurso de poesia a nível nacional. Ele recebeu premiação em Belém, Brasília, Rio de Janeiro e Palmas. Há 10 anos Clemente é assessor técnico da Câmara de Conceição do Araguaia. (João Lopes - Nosso Jornal)