INFORMAÇÕES

NOTÍCIAS DO SUL DO PARÁ, TOCANTINS, MATO GROSSO E MARANHÃO

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Dirigentes de entidades esportivas não poderão se reeleger por mais de uma vez

A partir de agora, por lei, dirigentes de entidades esportivas que recebem recursos públicos municipais, estaduais e federais ou incentivos fiscais, não poderão ser reeleitos mais de uma vez. A medida, sancionada pela presidente Dilma Rousseff, vai mudar a vida de dirigentes de federações, clubes de futebol, ligas esportivas, grêmios esportivos, etc.

As prefeituras, estados e a União que fizer qualquer tipo de doação, incentivos, como premiações para campeonatos, atletas, uniformes esportivos poderão serem notificadas pela justiça.

As federações terão seis meses para adequação dos seus estatutos. O mesmo vale para os clubes.

Quem não mudar ficará impedido de receber verbas vindas de incentivos fiscais, empresas estatais, loterias e qualquer outra fonte oficial. As novas normas já estão valendo e dirigentes que já estão no segundo mandato não poderão se candidatar novamente sob pena da entidade ficar proibida de receber qualquer incentivo do poder público.