INFORMAÇÕES

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Manifestantes denunciam corrupção de Jatene

Faixa ataca o governador Simão
Um grupo de manifestantes esteve na tarde desta terça-feira (19) no Hangar, Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, durante o Encontro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para denunciar as irregularidades do governo Simão Jatene, no Pará.

Através de uma imensa faixa com a foto do governador, o protesto expôs aos magistrados que participaram do evento os oito anos do Caso Cerpasa em que Jatene é acusado de ter recebido indevidamente R$ 50 milhões.

Com as frases: "Ministro há oito anos o STJ não julga este ladrão!" e "Jatene. Ladrão de 50 milhões em propina da Cerpasa" a faixa chamou a atenção dos membros do judiciário brasileiro.

ENTENDA O CASO
Desde dezembro de 2004, tramita no Superior Tribunal de Justiça (STJ) o inquérito 465/PA que envolve o governador do Estado. Jatene é acusado e investigado pelo crime de corrupção passiva devido a descobertas, em 2003, de transferências irregulares de recursos da Cervejaria Paraense S.A – Cerpasa para a sua campanha política. O caso ainda envolve Sérgio Leão, conhecido pela aproximação com Jatene.
O inquérito, que apura o envolvimento de Sérgio Leão e do governador por prática de crime de corrupção ativa, foi encaminhado ao Superior Tribunal de Justiça pelo Ministério Público Federal. O MP afastou a hipótese de suposto crime de corrupção eleitoral, mas entendeu existirem indícios de “... prática dos crimes de corrupção ativa e passiva previstos no Código Penal, uma vez que a vantagem indevida teria sido prometida e recebida pela prática de atos de ofício...” conforme consta na folha de número 9 de um longo inquérito.